Vacinação contra Covid-19 é ampliada em Agudo; confira quem poderá receber

  • 04/05/2021
  • 0 Comentário(s)

Vacinação contra Covid-19 é ampliada em Agudo; confira quem poderá receber

Iniciaremos mais uma fase de vacinação contra a Covid-19. Nesta etapa, serão imunizadas as pessoas com comorbidades, por faixa etária.

- Pessoas com síndrome de Down com 18 anos ou mais;

- Pessoas em diálise;

- Gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos em até 45 dias) com comorbidade e com 18 anos ou mais;

- Pessoas com comorbidades de 54 a 59 anos;

- Pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC de 54 a 59 anos.

Todos que se enquadram em alguma situação de saúde indicada devem levar no dia da vacinação CPF, identidade e uma cópia de algum documento que comprove a condição clínica, como receita de uso contínuo dentro da validade, declaração, laudo ou atestado médico com descrição da doença. Devido à questão logística, essa nova fase da vacinação não será por drive-thru. A primeira oportunidade para receber a vacina será amanhã, dia 5 de maio, a partir das 13h30 às 16h30, no Ginásio Municipal. Serão distribuídas 100 fichas, neste primeiro momento, visto que é a primeira vez que este metodologia será aplicada.

Durante a vacinação haverá também arrecadação de alimentos, produtos de higiene e fraldas, para destinar a famílias em vulnerabilidade social.

CONFIRA A LISTA DE COMORBIDADES

Diabetes: todas as pessoas com diabetes mellitus.

Hipertensão Arterial Resistente (HAR): quando a pressão arterial permanece fora dos padrões recomendados mesmo com o uso de três ou mais medicamentos.

Hipertensão Arterial estágio 3: pressão arterial sistólica acima de 180 e/ ou diastólica acima de 110, independente de comorbidade.

Hipertensão Arterial estágios 1 e 2: pressão arterial sistólica entre 140 e 179 e/ou diastólica entre 90 e 109 com presença de comorbidade.

Pneumopatias crônicas graves: doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos ou internação prévia por crise asmática)

Insuficiência cardíaca: com capacidade de bombeamento do coração reduzida, intermediária ou preservada; em estágios B, C ou D, independente da classe funcional.

Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar: cor-pulmonale crônico e hipertensão pulmonar primária ou secundária.

Cardiopatia hipertensiva: hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastólica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo (cérebro, coração, vasos sanguíneos, olhos, rins).

Síndromes coronarianas: Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós-infarto agudo do miocárdio, entre outras.

Valvopatias: lesões de válvula cardíaca que afetam a circulação do sangue, sintomática ou com comprometimento miocárdico.

Miocardiopatias ou pericardiopatias: de quaisquer causas ou fenótipos; pericardite crônica; cardiopatia reumática.

Doenças da aorta, grandes vasos e fístulas arteriovenosas: aneurismas, dissecções, hematomas da aorta e grandes vasos.

Arritmias cardíacas: com relevância clínica e/ou cardiopatia associada.

Cardiopatia congênita no adulto: que afeta a circulação de sangue, crises hipoxêmicas (baixa oxigenação), insuficiência cardíaca, arritmias e comprometimento miocárdico.

Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados: portadores de próteses de válvula biológicas ou mecânicas; dispositivos cardíacos implantados.

Doença cerebrovascular: acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular.

Doença renal crônica: estágio 3 ou mais e/ou síndrome nefrótica.

Imunossuprimidos: transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente superior a 10 mg ao dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses; neoplasias hematológicas.

Anemia falciforme: todas as pessoas com a doença.

Obesidade mórbida: índice de massa corpórea (IMC) igual ou superior a 40.

Síndrome de down: trissomia do cromossomo 21.

Cirrose hepática: classificação A, B ou C.

Fonte: Prefeitura Municipal de Agudo

Foto: Reprodução


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Silva part. Ludmilla

Um pôr do sol na praia

top2
2. Os Barões da Pisadinha part. Xandi Avião

Basta você me ligar

top3
3. Marília Mendonça

Deprê

top4
4. Gusttavo Lima

Espetinho

top5
5. Zé Vaqueiro

Letícia

Anunciantes